Ouça o podcast:

 

Em alusão a campanha “Setembro Amarelo”, o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) por meio das Divisões de Assistência Social (Dias) e de Saúde (Disa) e o Provisa realizou, nesta quarta-feira (4), uma palestra sobre prevenção ao suicídio.

A palestra foi ministrada pela médica psiquiatra Loren Araújo, com apoio dos psicólogos Benjamin Brandão, Cristina Cordeiro, Cyrlane Santiago e Vitória Maciel.

“Quero parabenizar todos os servidores que fazem parte dos setores social e de saúde, bem como todas as equipes que colaboram para esse evento, não apenas pelo lado profissional, mas humano, com intuito de esclarecer para as pessoas que o mais importante é a vida em vez do suicídio”, disse a conselheira-presidente do Tribunal, Yara Lins dos Santos.

De acordo com a chefe do Dias, Ângela Galvão, com o crescimento desenfreado dos índices de suicídio mundialmente, os estagiários, jovens aprendizes e os colaboradores do TCE precisam ser conscientizados sobre o assunto.

“Devido ao crescimento desenfreado de casos suicídio no mundo, chegando aqui no Amazonas, nós do Serviço Social nos reunimos com outros setores do Tribunal para fazer realizar essa palestra alertando os jovens com um trabalho de conscientização em prol da vida”, disse Ângela Dias.

A psiquiatra Loren Araújo explicou que o objetivo do evento foi destacar o aumento dos dados que estão crescendo em todas as faixas etárias, principalmente entre jovens de 15 a 25 anos.

“O principal objetivo é enfatizar o “Setembro Amarelo” que é o mês de prevenção ao suicídio, focando nesse público de jovens para levar o conhecimento a respeito do tema, para que eles também possam ajudar outras pessoas que estão passando pela situação do suicídio”, explicou a psiquiatra.

Durante o mês de Setembro o TCE promoverá outras ações em alusão a temática.

Texto: Dionisson Garcia | Fotos: Socorro Lins