A presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheira Yara Lins dos Santos, certificou nesta quinta-feira (15/08) as 88 instituições que participaram do 1º Seminário de Prestação de Contas de Transferências Voluntárias, evento do Fundo Manaus Solidária (FMS), realizado em maio, para treinar instituições que recebem recursos do FMS a prestar contas de forma correta.

A certificação foi realizada no auditório da Prefeitura de Manaus, durante um workshop promovido para tirar dúvidas das instituições. Participaram da solenidade o procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), João Barroso, e a primeira-dama do município e presidente do FMS, Elisabeth Valeiko.

A presidente do TCE-AM, conselheira Yara Lins dos Santos, parabenizou a Prefeitura de Manaus por se preocupar em treinar as instituições que recebem recursos públicos.

“Louvo a iniciativa da Prefeitura de Manaus e do Fundo Manaus Solidária de proporcionar, com o apoio do TCE, o treinamento dessas instituições que recebem verbas municipais do FMS a prestarem contas de forma correta”, disse a conselheira Yara Lins dos Santos.

O Fundo Manaus Solidária é um fundo de recursos da Prefeitura de Manaus que repassa verbas para instituições de caridade cadastradas, como a Associação Amigos do Autista do Amazonas e a Sociedade São Vicente de Paulo. Tais entidades precisam prestar contas do dinheiro recebido para o FMS, que repassa as prestações para o TCE.

A primeira-dama e presidente do FMS, Elisabeth Valeiko, agradeceu o apoio da Corte de Contas e do MPC para realização do treinamento e anunciou um novo edital para repasse de recursos às instituições em setembro, com um novo ciclo de capacitações e treinamentos.

“Quero agradecer a presidente do TCE, conselheira Yara Lins pelo apoio e auxílio em ensinar as instituições a fazer corretamente a prestação de contas dos recursos recebidos. Realizamos um seminário para explicar como prestar contas e este workshop para tirar dúvidas e certificar as instituições”, disse Elisabeth Valeiko.

Também participaram do workshop nesta quinta-feira o procurador-geral do município, Rafael Albuquerque; o secretário municipal de finanças e tecnologia da informação, Lourival Litaiff Praia; o controlador-geral do município, Arnaldo Gomes Flores; além de representantes das instituições participantes.